140 CARACTERES – Evelyn Postali

Resultado de imagem para twitterResultado de imagem para twitterResultado de imagem para twitter

Sem Título-1

Sem Título-2Sem Título-3

3

1234

4

5

 

Sem Título-4Sem Título-5

6

7

Sem Título-6

8

9

10

11

Sem Título-7Sem Título-8

12

Sem Título-9Sem Título-10

13

14

15

16

17

Sem Título-11

Sem Título-12

18

Sem Título-13

19

20

21

22

Sem Título-14

23

Sem Título-15

24

Sem Título-16

25

26

27

 

28 comentários em “140 CARACTERES – Evelyn Postali

Adicione o seu

  1. Que maravilha seu conto, Evelyn! Adorei seguir os twites. Não é a toa q o símbolo é um passarinho. Podia ser passarinho verde ao invés de azul, Né? Rsrs
    Que bom que ela se rendeu ao Cristóvão. Também com essas cantadas, quem resiste???

    Curtido por 1 pessoa

  2. Estou apaixonada! Que Pedreiro criativo! Cada cantada melhor que a outra, mas nenhuma superou a “cantada em Braille”. E como a cozinheira acabou cedendo… Esse conto merecia estar no Desafio Experimental. Está ótimo! Que ideia excelente. Conto divertido, realista, moderno. Não sei mais como elogiar e afirmar o quanto gostei. Parabéns. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Ideia genial e divertida! Um conto experimental para o qual eu daria nota 10, com certeza. Encantada com a sua ousadia ao optar por adotar uma linguagem tão atual, mesclando a modernidade com personagens simples: uma cozinheira e um pedreiro. Uma a prepara sonhos, o outro constrói possibilidades. Por que não? E ainda teve final feliz com bolo e tudo. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada, Cláudia! Por ler e comentar. Que bom que gostou. Estava muito na dúvida se esse conto estava mesmo completo. Ele é bem mais curtinho que os outros, mas o recado é um só: amor com final feliz. Obrigada! Beijos!

      Curtido por 1 pessoa

  4. Nossa, onde eu estava que ainda não havia lido esta preciosidade? Que maravilha de conto, Evelyn! Que delícia! Adorei tudo, as cantadas, o formato, as fotos, a cozinheira, o pedreiro! Uma perfeição, não mudaria uma vírgula sequer! Parabéns, parabéns, parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada, Iolandinha! Acho que a cozinheira poderia mandar prendê-lo se fosse de verdade. Assédio hoje é um tema polêmico. Mas ela estava apaixonada, mesmo não ciente de tudo. Ainda bem que tudo deu certinho. Fico feliz que tenha gostado! Obrigada por ler e comentar. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtido por 1 pessoa

      1. De fato a insistência do rapaz na vida real seria um grande incômodo, e talvez até terminasse em cadeia, mas na literatura essas coisas ficam muito ao cargo da personalidade dos atores. Naquele texto do oráculo aconteceu do cara ser super machista, e eu consegui até rir muito, porque era uma pessoa que n existia. Parabéns, amiga! Amei!

        Curtido por 1 pessoa

  5. Querida Evelyn,

    Que delícia de conto. Experimental, divertido, leve, ágil e com imagens de dar água na boca. Perfeito.

    Um excelente trabalho. Nota 10. Adorei e ri muito aqui.

    Parabéns.
    Beijos
    Paula Giannini

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada por ler e comentar. Fico feliz que tenha gostado e se divertido. A intenção era que fosse um conto leve, uma história de amor que não engrenasse no início. Que bom que gostou. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtir

  6. Olá, Evelyn! Uma ideia genial que poderia concorrer no EC experimental. Cantadas a construir possibilidades, adequadas às personagens. Só senti que quando se referem a emptyspaces a linguagem assume um ar mais narrativo e – na minha humilde opinião – destoa um pouco do caráter de diálogo, proposto pelo formato. No mais, perfeito. Arrebatou!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada por ler e comentar. Eu pensei em usar o narrador para alinhavar o envolvimento dos dois. E sim, a linguagem ficou diferente justamente para deixar o ponto melhor para os personagens do pedreiro e da cozinheira. Como você deixaria o tom menos narrativo do narrador? Mais uma vez, obrigada pela leitura, comentário e apontamentos. Grande e carinhoso abraço!

      Curtir

  7. Ney Sol, Ney Mar, ri litros. Caracas, menina, porque não inscreveu no desafio experimental, ia bombar. Original, criativo, e um fofo esse pedreiro. Tô precisando fazer umas obrinhas aqui em casa, rsrsr. Bjs.

    Curtido por 1 pessoa

    1. ahahahahaha boa! Eu não sei se acreditaria muito nesse pedreiro, mas a cozinheira acreditou e deu certo. Foram feitos um pro outro. Obrigada pela leitura e comentário. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtir

  8. Oi Evelyn! Arrasou, garota! Acho que teria ganhado o troféu se tivesse postado esse no EC experimental. Ficou bom demais! A forma como você misturou a narradora com os personagens, o twitter e suas idiossincrasias como canal, muito bacana. Super criativo e muito bem executado. Empolgada, aqui. Parabéns, de verdade! Beijo grande!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada, Elisa, pela leitura e comentário. Será que ganharia o pódio no EC? Não sei. Acho que não teria chance. kkkk Deu um trabalhão fazer, mas me diverti escolhendo as cantadas e preparando um final feliz. Obrigada outra vez. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtir

  9. Ôi Evelyn,
    Delícia de crônica do cotidiano. No desafio experimental iria arrasar!

    Frase chave de cadeia: “No sétimo dia da morte das cantadas ela se rendeu”

    Já vi essa foto antes. Quem são esses personagens? A grande sacada é que você deixa a sensação de que essas pessoas são reais, juro que conheço ali da esquina!

    Beijo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada por ler e comentar, Catarina! Essa fotografia do casal eu peguei no site das imagens gratuitas. É um casal aleatório, mas assim que pus os olhos nele, disse: perfeito!
      Obrigada por ler e comentar. No desafio experimental, talvez não fosse ser bem interpretado. Tem muita gente que acha que fazer colagem – tanto de texto quanto de imagem – é pouco criativo kkkkkkk Acho que eu receberia muita crítica pouco construtiva.
      Obrigada mais uma vez. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtir

  10. Olá!
    Que conto legal! Nossa, imagino que deve ter dado um trabalho danado para montar a história! Mas valeu a pena, divertido e criativo.
    Confesso que não curti muito esse cara não. Tenho pavor de “homem” assim, mas já que a cozinheira curtiu…
    Abs ❤

    Curtido por 1 pessoa

  11. Oi, Evelyn!

    Que trabalhão deve ter dado fazer este texto , heim? muito bem pensando, estruturado, leve e divertido.

    Eu gostei bastante da história que você criou, os personagens ficaram verossímeis, acho que o encaixe dos twites ficou ótimo também. Uma história cotidiana com pessoas reais, nem sempre precisa do glamour pra ser apaixonante né?

    Parabéns! E desculpe a demora rs.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Olá, Evelyn. Mais que da história, gostei mesmo foi do formato, da imaginação, do engenho que necessitou para montar de forma tão magistral a mais simples das histórias com os mais comuns dos personagens. A arte de aparentar a simplicidade na escrita é, quanto a mim, uma das mais difíceis de dominar e você atingiu o objetivo em pleno. Sinveros parabéns. Resultou em pleno. Um abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada, Ana! Confesso que deu um trabalhão para montar tudo isso, mas valeu a pena porque também me diverti fazendo tudo acontecer. Estava com medo mesmo dos comentários, pois os ânimos estão alterados e hoje, quem é que gosta de cantada de pedreiro, não é mesmo? Ainda bem que todos entenderam a parte da brincadeira.
      Obrigada pela leitura e comentário. Um grande e carinhoso abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: