O Vendedor – Para Inspirar – Terê Oliva

Uma beleza de estampilha antiga amolda o rosto do jovem que dobra camisas

Na loja decadente da rua de baixo.

Ele dissolve-se nas prateleiras abarrotadas de roupas masculinas de mau gosto.

Sua face de esculturais traços é desumana. O humano é imperfeito, não comporta o êxtase que esse olhar azul instiga. Nem os pelos da sombra de barba que definem seu maxilar quadrado.

Pobre moço pobre que incrusta sua virilidade entre as paredes mortas que o cercam e dizimam.

Viro-me e saio da loja como quem abandona um amigo à própria sorte..


(*) Tela de Pablo Picasso – 1881/1973 – Pintor Espanhol.

Terê Oliva

5 comentários em “O Vendedor – Para Inspirar – Terê Oliva

Adicione o seu

  1. Um conto bem visual, deu para imaginar o ambiente, o moço, um deleite em poucas palavras. Parabéns pela narração, só valorizou.

    Curtir

  2. Fiquei fabricando a cara e o corpo do bofe na minha cabeça. Gostei muito da escrita da autora do texto. Elegante e com completo domínio da trama ela dá um show junto com o personagem e cria um desfecho perfeitamente afiado. Amei.

    Curtir

  3. Um conto fluido e que fala de preconceito com uma simplicidade certeira. A voz da Paula ilustra magnificamente a edição perfeita. Muito bom!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: