Pecado (Amana)

Um olhar indiferente sem querer que fosse assim. Puro fingimento.

E naquele olhar disfarçar a urgência, o desejo, a promessa de um pecado a fazer do amor uma ferida na alma, cada vez mais profunda. A pulsação acelerada, sem a necessidade do toque, era a sensação a cada encontro. E era como se todos próximos a eles percebessem, como se qualquer um fosse capaz de ouvir o doloroso bater do coração, como se as batidas fossem capazes de queimar a pele. Havia um juramento feito a si mesma. A promessa de não ceder. Não. Não quero. Não devo. Ouvia a repetição das negativas em seus pensamentos. De novo não… Bastou uma vez para se lançarem no fogo do sortilégio. Porque ele era Padre Joaquim e ela era Irmã Fatima.

Crédito da imagem: Lara Badioli, por Pixabay

11 comentários em “Pecado (Amana)

Adicione o seu

  1. Muito bom!!! Assim como eu costumo esperar do minicontos, tem aquela surpresa no final que o deixa o texto, que foi muito bem desenvolvido, ainda mais interessante. “como se qualquer um fosse capaz de ouvir o doloroso bater do coração, como se as batidas fossem capazes de queimar a pele”… demais. Parabéns, amei.

    Curtir

  2. Oi!

    De repente senti até um calor! Gostei muito, pos a revelação da personalidade deles no fim, a imposição de suas creças/magem, dá um toque mais instigante ao texto.
    Parabéns!

    Curtir

  3. Oi, Amana ❤
    Amei seu miniconto, você descreveu os sentimentos do casal com bastante intensidade, e a revelação final, maravilhosamente surpreendente, fechou "Pecado" com chave de ouro.
    Parabéns!!

    Curtir

  4. De princípio pensei se tratar de dois amantes, mas a revelação foi ainda maior. Sinto pena deles, porque é tudo uma besteira, se não estão felizes não estão no caminho certo, poxa, chutem esse balde aí!! Bjs ❤

    Curtir

  5. Eita, gostei muito. Palavras bem escolhidas, excelente atmosfera e desfecho impactante. Um ótimo micro. Gosto quando se o autor consegue criar um clima assim em poucas palavras. Você anda bem inspiradinha, Amana. Um beijo.

    Curtir

  6. Sensacional, Bia! Se tem uma coisa de que eu gosto é de quebra de expectativa! Construção perfeita do clima com desfecho certeiro!
    Amei! Parabéns!

    Curtir

  7. Muito bom o suspense romântico/erótico criado. A delicadeza das palavras não camufla a agonia dos que se atraem sem possibilidade de concretizar o encontro. Ou quem sabe… tudo pode mudar. O final me surpreendeu bastante. Parabéns.

    Curtir

  8. Olá, Amana.
    Que texto! Em poucas palavras, aliás, muito bem escolhidas em prosa poética refinada, você delimita o contexto, a situação e o desfecho impactante ao final. Um texto primoroso que eu adorei. Um dos seus melhores textos, sem dúvida! Amei

    Curtir

  9. Muito bom, Amana,

    Amor proibido por convenções… Amor proibido por uma escolha.

    Parabéns.

    Beijos
    Paula Giannini

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: