Asas de Vidro – Evelyn Postali


Nota: Chorinea amazon é uma borboleta cujas asas são transparentes. A imagem que ilustra essa publicação foi construída a partir de filtros de forma e cor sobre a fotografia de uma borboleta Amazon angel. Elas são encantadoras por si só, por serem borboletas e não apenas pela transparência de suas asas. A borboleta eu fotografei anos atrás, em um passeio.

A paisagem do meu coração se transforma

Em ondas de calor e grânulos de poeira.

A manhã transcende e o verão finda

O inverno é uma jornada em asas de vidro,

Em meias-noites de vigília,

Em poéticas de voos inconstantes.

De flor em flor, de folha em folha,

Como as Gretas oto à deriva,

Voo além das sombras e reflexos,

Além do cristal e do vazio.

Eu sonho com essa viagem,

Desenho essa viagem em asas transparentes,

Carregada por nuvens ligeiras

A sussurrar ao luar uma vida inteira.

E como na magia, os pequenos espelhos

Que ora você vê, ora não,

Refletem a mim mesma

Sem medo de quebrar

Ou voar para além,

Sem medo das rachaduras ou falhas,

De machucar as pétalas de qualquer flor.

E no fim da jornada, arranco as asas,

Egoísta que sou sem arrependimento,

Porque, quem as deseja não saberá usá-las, afinal,

E, morrer voando, valerá a pena.

8 comentários em “Asas de Vidro – Evelyn Postali

Adicione o seu

  1. Mas que maravilha você nos trouxe, Evelyn. A imagem que abre post é um trabalho sensacional. O poema é arrebatador. A nota sobre as borboletas, um ótimo complemento. Você é realmente uma artista sensível e completa. É muito talento. Parabéns.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu amo borboletas e amei conhecer mais esta espécie que vc apresentou aqui através do seu texto. Tudo é um encanto. Imagem, sentimento, texto, informações. Parabéns, minha querida amiga. Um prosa poética primorosa como tudo o que você faz. Nota 10.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Tudo se alinha lindamente aqui: o animal-inspiração, a imagem e as palavras, poéticas e cheias de significados subjacentes. Um belíssimo trabalho.
    Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  4. A minha borboleta de papel saúda a sua borboleta de cristal. Asas representam a liberdade do voo. A transparência revela a leveza de quem vive a verdade. O que parece tão frágil é, no entanto, a fortaleza de um ser único e invejado. Belo trabalho, Evelyn. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Que lindeza de poesia, Evelyn! A borboleta como símbolo de ligeireza e de inconstância, de transformação e de um novo começo; o cristal, tendo em conta a sua transparência, representando a transição entre o mundo dos sentidos e o mundo místico. Parabéns pela ideia, trazida pelas suas “Asas de Vidro”: limpeza, sensibilidade, obtenção de energia que levam à liberdade. Um primor! Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Que poema maravilhoso, Evelyn. Essa borboleta, que além de borboleta tem as asas transparente é uma imagem sublime de leveza. E esse eu-lírico tão livre, tão solto. E que fecho maravilhoso você deu ao poema. Gostei imenso. Muitos parabéns, como se diz por aqui.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Querida Evelyn,
    Lindo e imagético. Que dom é esse que você tem o de unir as artes, o de pensar estetica e poeticamente. Você nasceu artista!
    Parabéns.
    Beijos
    Paula GIannini

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: