Chamada permanente de contos e poemas para o blog As Contistas

Quer ter seu conto ou poema divulgados aqui no blog As Contistas? Confira o regulamento e participe. Aguardamos seu texto!

  • a participação é gratuita
  • todos os textos serão avaliados por membros do coletivo As Constistas.
  • apenas os textos selecionados serão postados aqui neste blog (https://ascontistas.wordpress.com/).
  • podem ser enviados contos e poemas.
  • não há limite de caracteres ou palavras.
  • o tema é livre.
  • os textos devem ser escritos por mulheres.
  • os textos não precisam ser inéditos.
  • os textos precisam conter título.
  • as autoras podem assinar com nome real ou pseudônimo.
  • juntamente com o conto ou poema é necessário enviar uma imagem (fotografia ou ilustração). Imagens de terceiros devem ser creditadas.
  • as autoras devem enviar também uma minibio de até 5 linhas.
  • os contos e poemas devem ser enviados ao e-mail ascontistas@gmail.com.
  • os texto serão postados assim que aprovados.
  • as autoras serão comunicadas sobre a publicação no mesmo e-mail utilizado para envio do texto.
  • links para os contos e poemas serão divulgados nas redes sociais de As Contistas.
  • os textos permanecerão no blog por tempo indeterminado, retirado apenas a pedido do autor ou por qualquer outra resolução em comum acordo.
  • não haverá retorno quanto à análise, sugestões e críticas aos textos enviados.
  • não haverá qualquer remuneração aos autores.

5 comentários em “Chamada permanente de contos e poemas para o blog As Contistas

Adicione o seu

    1. Bom dia, Lilian, tudo bem? Hoje será postado o primeiro texto selecionado. Pode enviar quantos quiser. Gostamos muito do seu poema e do seu conto, que continuarão em nossa lista para futuras publicações. Postaremos um texto a cada 15 dias. Aguardamos mais belos textos seus. Abraço.

      Curtir

      1. Poxa, obrigada pelas palavras. Fico feliz.
        Vou correr lá para ler.

        Beijos e boa sorte para todas as queridas amantes amorosas das letras com bastante redundância.

        Curtir

    2. Boa tarde.

      Imensa satisfação em ver um dos meus primeiros poemas publicado no espaço, As Contistas.

      “Nossos atalhos nos levam para o mesmo caminho? Sigamos, pois, até as pedras se encontram”

      Muitíssimo grata.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: