Paixão – Margarida – Iolandinha Pinheiro

Margarida sonha, a comida esfria

– Come, Margarida, acorda para a vida!

A cabeça cheia, barriga vazia

Coração faz versos, engolindo o dia

A pizza no prato, espantada, espia

Enquanto a mocinha mastiga poesia

8 comentários em “Paixão – Margarida – Iolandinha Pinheiro

Adicione o seu

  1. Querida Contista. Sua poesia comprova a teoria de que a simplicidade é perfeita e sofisticada. Passar ritmo, rima, emoção, e uma história que cria uma boa expectativa usando um material tão singelo mostra a facilidade no uso das palavras. Gostei muito.

    Curtir

  2. Nossa, que lindo, delicado, coisa de poeta sensível! Está muito apropriada ao desafio. Quero pedir uma pizza onde venha esse poema!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: