Garota Caveira (Vanessa)

"CORPO ENCONTRADO NA PRAIA BEIRA-MAR NORTE, FLORIANÓPOLIS" Segundo a Polícia Militar, o corpo de Breno Oliveira (29) foi encontrado na manhã da última sexta-feira (27). Ao lado do cadáver estava seu irmão menor (15) em estado de choque e muito perturbado. A perícia fez uma busca pelos arredores, encontrando várias garrafas de bebidas alcoólicas, cigarros... Continuar Lendo →

O Retorno (Vanessa Honorato)

Não venha me perguntar por que depois de todos esses anos, só agora resolvi falar; por que decidi desenterrar um assunto com o qual eu nunca, de fato, me envolvi? Bem, não adianta perguntar, porque, a resposta exata, eu não tenho. Talvez seja pelo fato de que pressinto que meus dias estão findando e não... Continuar Lendo →

Quem quer? (Vanessa Honorato)

O sol brilhava forte no interior amazonense. A camisa de Jandir estava molhada nas costas e axilas, sinal de um longo dia de trabalho capinando entre as becas da pequena lavoura de mandioca, de onde tirava o sustento de sua família. Jandir pegou o cantil pendurado na lateral de seu corpo e sorveu um gole... Continuar Lendo →

Alter Ego Segunda Parte – Iolandinha Pinheiro

A visão daquele líquido nojento flutuando sobre a água do sanitário me causou um asco imediato, e uma preocupação que, em pouco tempo ocuparia de forma constante os meus pensamentos. Saí do banheiro angustiado, e pensando se seria prudente procurar um médico. Considerei os problemas que surgiriam desta revelação e achei melhor aguardar os desdobramentos... Continuar Lendo →

Mechanismo – Iolandinha Pinheiro

  O INÍCIO Em 1940, um dia antes do embarque dos jovens selecionados para as batalhas da segunda guerra mundial, o melhor amigo de Benjamin Schuartzmann organizou uma noitada de despedida com muita bebida e dança. Durante a festa, o jovem aspirante foi esnobado pela loira Elizabeth Rivers, o que o fez beber além da... Continuar Lendo →

O Preço

- Ela estava chegando... Ele havia tido aquele sonho outra vez:  A moça vinha subindo pela areia da sepultura. Separando a terra negra e úmida até chegar à superfície. Andando, pálida e suja, mas resoluta em direção a ele... Emmanoel Olhou para o relógio com aflição. Ia por dentro da velha casa em passos ligeiros,... Continuar Lendo →

Chácara do Terror – Vanessa Honorato

— Então, jovem, agora que está mais calmo, pode nos explicar o que aconteceu? Rennan está sentado numa cadeira preta, onde à sua frente encontra-se o delegado de polícia Leonardo Freitas, olhando diretamente em seus olhos, com as mãos cruzadas por cima da mesa, e ao seu lado esquerdo o policial Jonas, em frente ao... Continuar Lendo →

História de Fantasma – Iolandinha Pinheiro.

  SANTA BÁRBARA*****Das coisas que me lembro, do tempo em que trabalhei em Santa Bárbara, nada me abalou mais do que a terrível história de Esther, e das implicações decorrentes por tomar conhecimento destes fatos. Na época eu era médica no hospital psiquiátrico da cidade, construído em um penhasco que se inclinava sobre o mar.... Continuar Lendo →

– Presságio – Iolandinha Pinheiro

Moro numa pequena cidade sem parentes ou amigos. Escolhi viver desta forma. Ergui uma casa distante da vila, uma espécie de retiro voluntário na floresta tendo como vizinhos apenas os animais e as plantas. Nem por isso tive algum dia de tranquilidade na vida, e nem poderia, pois não o mereço. O nobre leitor acredita... Continuar Lendo →

UM CONTO DE VINGANÇA- Vanessa Honorato

Clara abriu lentamente os olhos. Suas mãos tocaram o chão forrado por folhas secas e frias. Estava em um bosque estranho. A noite era sombria, iluminada precariamente pela Lua que brilhava no céu. Ainda tonta, ela sentou-se, tentando relembrar o que tinha acontecido. Mas suas lembranças estavam atrapalhadas, como um filme borrado. Tudo que recordava... Continuar Lendo →

O Gato Merwel (Iolandinha Pinheiro)

____ A CASA NA FLORESTA ...Maria foi comprar sabão e na estrada avistou um cão em sua cesta pôs o cãozinho seguiu contente o seu caminho ela não sabe explicar, de fato mas o cãozinho virou um gato... ____ Padre Tobias olhou para o crepúsculo pela janela da sacristia. Estava guardando as pequenas galhetas da... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑