Aritana, Santiago e um fantasma um tanto inconveniente (Bia Machado)

I — Não sei se reparou no que a placa dizia, señorita... Señorita? — Van Der Ley. Aritana Van Der Ley, sua criada. O detetive achou engraçada a expressão da jovem sentada diante dele, parecendo analisá-lo de forma tão silenciosa e profunda, à espera do que ele diria. “Van Der Ley, deixe-me ver... deve ser... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑