PAIS NOVOS (Sabrina Dalbelo)

“Odeio vocês”, gritava Lucas. “Odeio vocês”, resmungava Letícia.

Os irmãos não tinham ouvidos. Reclamavam da ordem para escovar os dentes, para arrumar a cama, para organizar as próprias coisas, de tudo.

Os pais, Renato e Marlene, não sabiam mais o que fazer. Focavam em manter um nível mínimo de paciência para dedicar orientações sobre educação e boa convivência, as quais, aparentemente, não levavam a nenhum resultado exitoso, pois os irmãos eram teimosos e birrentos.

Lucas, de sete anos, era esperto e bastante traquinas. Letícia tinha apenas cinco, mas não titubeava em retrucar os pais.

Perto do Natal, os irmãos combinaram de escrever uma carta de intenções única ao Papai Noel. O pedido era muito simples: pais novos.

Continue lendo “PAIS NOVOS (Sabrina Dalbelo)”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑